InícioportalCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
SEJAM BEM VINDOS À ACADEMIA DE MAGIA LEGILIMÊNCIA!
NOVAS VAGAS PARA CARGOS ESCOLARES E MINISTERIAIS ABERTAS. CONFIRAM!
VOLTA ÀS AULAS!
NÃO DEIXE DE REGISTRAR SEU AVATAR E SUA FICHA DE PERSONAGEM!
TODOS OS AVATARES DEVEM TER O TAMANHO 200X400!

Compartilhe | 
 

 Leonard Bryan Masters - Adulto (Selecionado)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Leonard Bryan Masters

avatar

Mensagens : 5

MensagemAssunto: Leonard Bryan Masters - Adulto (Selecionado)   Dom Mar 14, 2010 2:24 pm

Dados do Jogador


Nome: Tárcio Rebouças
Idade: 14
E-mail / MSN: tarcio_reboucas@hotmail.com
Conhece os livros de Harry Potter? Sim, Li todos eles.
Tem algum outro personagem na AML? Não.
Já jogou RPG de Fórum antes? Sim.

Dados do Personagem



Nome: Leonard Bryan Masters
Idade: 27
Raça: Sangue-Puro
Data de Nascimento: 08/04/1984
Local de Nascimento: Sófia, Bulgária

Pai: John Masters (Pai Biológico), David Bryan (Pai Adotivo)
Mãe: Helen Masters
Irmãos: Não possui.
Outros parentes: Não possui.

Descrição Física


Cabelo: Negros
Olhos: Castanhos
Altura: 1,80m
Estrutura do Corpo: Alto, Atlético

Avatar: Orlando Bloom

Descrição Psicológica


Personalidade: Obscuro, Sarcástico. Assim como o pai, adora culpar os outros pela sua desgraça.
Anseios: Ter o mundo a seus pés.
Medos: A morte.
Tendência: Mal

Profissional


Profissão: Professor de Estudo e Trato das Criaturas Mágicas
Varinha: Pelo de Unicórnio, Mogno, 25 cm, Maleável
Patrono: Serpente
Forma da Marca Negra: Apesar de ter tendência para o mal, não chegou a se tornar comensal.
Animal de Estimação: Morcego

Teste de Ação

Leonard adentrou sua sala. Sentia algo diferente. Era seu primeiro dia na Academia de Magia Legilimência. Olhou no relógio. Não estava atrasado. Esperou um pouco até que todos os estudantes tomassem os seu lugares e então, começou a falar.

- Olá alunos. Sou Leonard Masters, seu novo professor de Estudo e Trato das Criaturas Mágicas. - O professor se apresentava, enquanto mantinha o olhar fixo nos jovens magos, analisando minuciosamente um a um. - Bem, hoje vamos falar um pouco sobre um animal de características peculiares: O verme cego. Por favor, anotem o que eu irei passar - solicitou calmamente aos presentes em sua classe.

*Ele movimenta a varinha e em seguida, um pequeno texto se materializa no quadro negro*

O flobberworm (verme-cego) vive em valas úmidas. Animal de cor castanha que chega a atingir vinte e cinco centímetros de comprimento, ele se mexe muito pouco. Suas duas extremidades são indistinguíveis uma da outra. E ambas produzem um muco que é, por vezes, usado para engrossar poções. O alimento preferido do verme-cego é a alface, embora ele coma praticamente qualquer vegetal.


Virou-se novamente para os alunos e continuou a falar:

- É importante que estejam cientes de que o verme-cego, assim como toda e qualquer criatura mágica de que o Ministério da Magia tenha conhecimento, recebe uma classificação de acordo com uma espécie de tabela.

*Repetiu o movimento com a varinha e um novo conteúdo preenchia a lousa*

O Departamento para Regulamentação e Controle das Criaturas Mágicas classifica todos os animais, seres e espíritos conhecidos, oferecendo assim um guia imediato para a periculosidade conhecida da criatura (Animais Fantásticos e Onde Habitam). As cinco classes são as seguintes:

XXXXX - Mata bruxos / impossível treinar ou domesticar
XXXX - Perigoso / exige conhecimento especializado/bruxo perito pode enfrentar
XXX - Bruxo competente pode enfrentar
XX - Inofensivo / pode ser domesticado
X - Tedioso


- Bom, quero que respondam um questionário, que vocês podem estar me entregando por Mensagem Pessoal até a data no nosso próximo encontro. - Anunciou, ao final da explicação.

*Retirou pequenos rolos de pergaminho da maleta e os distribuiu*

Verme-Cego

1 - Qual é a altura que um Verme-Cego pode atingir?
2 - Qual seria a reação do Verme-Cego ao ter contato com folhas de alface?
3 - Aonde vivem os Vermes-Cegos?
4 - Qual a utilização do muco produzido pelos Vermes-Cegos?
5 - Qual a característica principal das extremidades de um Verme-Cego?

Atividade de Pesquisa

Pesquise e Informe as Classificações das criaturas abaixo:

6 - Verme-Cego
7 - Testrálio
8 - Basilisco
9 - Hipogrifo
10 - Dragão

*Despediu-se de todos com um leve sorriso e deixou o local*




História do Personagem

08 de Abril de 1984 - O Nascimento

Em um pequeno vilarejo próximo a Sófia, capital da Bulgária, vivia uma renomada família de bruxos, Os Masters. Todos aguardavam ansiosos a chegada do menino Leonard, primogênito de John e Helen, um casal de talentosos praticantes das Artes Obscuras, que faziam parte de uma poderosa organização mágica que dominava toda a Europa. Era uma gélida noite de inverno e chovia muito e todas as estradas haviam sido alagadas. Sentada ao sofá, encontrava-se a mulher grávida. Não demoraria muito a dar a luz. Repentinamente, percebeu que a bolsa havia se rompido e chamou imediatamente pelo marido, uma vez que as contrações aumentavam a cada minuto. De imediato, o homem correu até a vizinhança e buscou uma parteira. Orgulhoso, não desejava que seu filho nascesse por intermédio de trouxas. A partir daquele momento, iniciava-se o processo que traria o mago a vida. Houveram complicações durante o mesmo e Helen Masters perdera muito sangue. Precisava tomar uma dificil decisão: Sacrificar-se de maneira nobre para salvar a vida de seu filho ou viver, carregando para sempre o pesado fardo da perda. John Masters era extremamente frio e calculista. Procurava alguma maneira de culpar os outros pela sua desgraça. Preferia preservar a esposa a entregar sua vida por alguém que acabara de vir ao mundo. Contrariamente, a jovem senhora optou por seguir as próprias emoções e conceder o direito de viver ao recém-nascido.

10 de Abril de 1984 - Abandono

John não conseguia perdoar a mulher pela sua decisão. Sozinho no mundo, era incapaz de levar a diante a criação do garoto. Por um instante, pensou em quem poderia fazê-lo. David não tinha filhos, e para ele, isso era frustrante. Possuia uma certa confortabilidade financeira. O viúvo sabia disso e certamente, não haveria problema em encarregá-lo da tarefa. Pelo contrário, seria uma realização para o mesmo. Era uma madrugada tempestuosa e, trajando uma capa preta, não relutou em deixar o bebê, dentro de uma cesta à porta da casa de David. Enquanto dormia o homem pensou ter ouvido algum ruído vindo do lado de fora da sua residência. No dia seguinte, ao se dirigir a entrada para recolher o jornal, estranhou o fato de haver um recém-nascido ali. Porém, era um bruxo solitário e almejava casar-se e constituir família. Então, pegou a cesta pela alça e levou-a para dentro. Daquele dia em diante, passou a amar o jovem como se este fosse seu próprio filho, mesmo acreditando, claro, que não possuia qualquer tipo de habilidade mágica.

13 de Agosto de 1989 - Descoberta

Passados cinco anos desde o ocorrido, David ainda se perguntava o que havia se passado antes do abandono. O menino não poderia crescer sem que se conhecesse sua identidade. A cada dia, as perguntas sobre o que acontecera de fato com a sua mãe tornavam-se cada vez mais frequentes. Não se descobriu nenhuma pista até então. Certo dia, enquanto saia para trabalhar, avistara um homem a imagem e semelhança do filho adotivo. Estava decidido a seguir qualquer rastro acerca das origens do mesmo. O estranho demorou a perceber que estava sendo seguido, até adentrar um beco sem saída. Virou-se para trás e se deparou com a figura corpulenta de David. Não o reconheceu. Por outro lado, David recordava-se muito bem. Era John Masters. David fazia parte da organização bruxa da qual toda a família Masters era membra. Além disso, fora colega de Helen no passado e, grande rival de John pelo amor da mesma, durante a adolescência. Naquele momento, a verdade veio a tona. O sentimento existente entre os dois nos tempos de colégo ia muito além de simples coleguismo ou rivalidade. Cultivavam uma amizade e John sabia que David sentia-se frustrado por não ter se casado. A semelhança existente entre o garoto e o homem estava esclarecida. Fingiu não desconfiar de nada. Estava transtornado. Porém, feliz por saber que era a figura paterna de um mago, como ele.

02 de Julho de 1995 - A Carta/Tentativa Frustrada

A medida que o tempo ia passando, crescia a preocupação com a educação que seria recebida por Leonard. David estava convicto que a Academia de Magia Legilimência, escola onde estudara, juntamente com os pais verdadeiros do garoto, seria o melhor lugar para a sua formação, além de uma importante ferramenta de descoberta das suas origens. Quando a carta da escola chegou, em uma ensolarada manhã de verão, o homem viu-se obrigado a revelar ao filho que era um bruxo e que seria enviado para uma das melhores instituições de ensino de magia do mundo. Revoltado em razão da omissão da verdade, Leonard tenta o suicídio, atirando-se do andar mais alto da sua casa. Imediatamente, fora transportado para o hospital, ainda que sem ferimentos. A partir daí, constata o seu verdadeiro poder, levando em consideração que um trouxa morreria caso o mesmo tivesse acontecido com alguém desprovido de habilidades mágicas e decide estudar magia. O pai adotivo, ainda abalado pelo acontecido, acata a decisão e conclui que o menino optou pelo melhor caminho.

13 de Setembro de 1995 a 25 de Junho de 2001 – A vida na Academia

Chegando à Academia de Magia, Leonard descobriu aos poucos um mundo que não conhecia. Fora selecionado para a Obskuriní, casa a que pertenceu seu pai adotivo. Era astuto e perspicaz, o que fez do jovem um grande bruxo. Não possuia muitos amigos, o que muitas vezes implicava isolar-se das atividades em grupo. Por outro lado, era inteligente, possuia grandes habilidades e sempre se saía bem nas aulas e exames, ganhando a simpatia da maioria dos professores. No quinto ano, destacou-se por prestar assistência aos outros alunos, conquistando o cargo de Monitor da sua casa. Durante o sétimo e último ano na escola, envolveu-se ligeiramente com uma popular aluna da Heki, mas o relacionamento não foi adiante. Durante o período acadêmico, fora Artilheiro do Time de Quadribol da Obskuriní e por duas vezes, premiado por serviços prestados a escola, ao denunciar graves infrações cometidas por alunos.

2011 – A Volta

Depois de dez anos, Leo volta à academia, contratado para lecionar Estudo e Trato das Criaturas Mágicas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dalmo, o Elfo Domestico*

avatar

Mensagens : 76

MensagemAssunto: Re: Leonard Bryan Masters - Adulto (Selecionado)   Dom Mar 14, 2010 6:17 pm

Bem vindo a AML Tárcio Rebouças


Você não ter parentes e nem o sobrenome de sua mãe a principio me pareceu estranho.
No decorrer de sua ficha pude tirar essa opinião de dados faltando com base em sua historia.
Sua aula esta ótima assim como seu teste de ação.

Mais uma vez, bem vindo a AML Profº Leonard Bryan Masters!
Nosso grupo de Adm entrará em contato com você por msn.
Aguarde a liberação de seu personagem.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Leonard Bryan Masters - Adulto (Selecionado)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» MvP | Heróico - Josiah Johnson - Ω Brekluc - James Summers - Bryan

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia de Magia Legilimência :: Fichas ~-
Ir para: