InícioportalCalendárioGaleriaFAQBuscarMembrosGruposRegistrar-seConectar-se
SEJAM BEM VINDOS À ACADEMIA DE MAGIA LEGILIMÊNCIA!
NOVAS VAGAS PARA CARGOS ESCOLARES E MINISTERIAIS ABERTAS. CONFIRAM!
VOLTA ÀS AULAS!
NÃO DEIXE DE REGISTRAR SEU AVATAR E SUA FICHA DE PERSONAGEM!
TODOS OS AVATARES DEVEM TER O TAMANHO 200X400!

Compartilhe | 
 

 [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Antonia Bittencourt

avatar

Mensagens : 34
Player : Sizca

MensagemAssunto: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Sab Dez 17, 2011 5:05 pm



I'll make it go away
Paint the sky with silver lining

    Todas as roupas de baixo de Antonia, e todos os vestidos e saias, sem exceção, possuíam um furo na parte de trás para encaixar a parte lupina de sua anatomia. Este detalhe não passava desapercebido por ninguém e alguns até apontavam e riam. Nenhum aluno de Anders achava graça, pois cada um destes possuíam suas anomalias e o rabo de Tony, para eles, parecia o menor de seus interesses, mas o restante das casas de Legilimência - Hakí, Brave, Obskurní e Joie -, com seus alunos perfeitos e desrabados pareciam se divertir com uma garota tão bonita, licântropa e estranhamente rabuda.

    Antonia havia acabado de passar por Hannah Vanckock - que visivelmente tentara segurar o riso (seis anos que estudavam juntas e a Obskurní ainda não se propunha a discrição, bem como Antonia não conseguia superar o fato de ser caçoada todos os dias durante seis anos), e isso a ofendeu profundamente. Localizou um portal de madeira envernizada que logo entendeu ser a entrada de uma das muitas salas vazias de Legilimência. Não havia um outro lugar no castelo que a garota conhecesse melhor do que salas vazias, banheiros e o próprio salão comunal de Anders. Eram os lugares que costumava se refugiar ao ser vítima de algum ataque em relação à sua descendência, licantropia ou aparência.

    Girou a maçaneta e entrou rapidamente na saleta, uma angústia presa no peito, tendo tempo em registrar com os olhos as mesas velhas empilhadas, cadeiras empurradas a um canto na penumbra e carteiras azuis com a tinta descandando - por que chamavam aquilo de sala vazia, mesmo? -; virou-se e cerrou a porta com uma força exagerada. Acontecia quando estava com raiva. E Antonia estava com raiva de si por não saber erguer a cabeça em momentos como aquele. "Eu odeio essa vadia.", ao término desta sentença, Tony já possuía os olhos claros com a ardência característica que antecede o choro. Estava trêmula, e apenas não começou um pranto copioso, porque alguém havia girado a maçaneta e empurrado a porta com urgência, fazendo-a bater com as costas na parede ao lado e escorregar para o chão. Reconheceu os cabelos negros lisos, os olhos castanhos aluados e aquela voz carinhosa lhe perguntando se estava tudo bem; baixou a cabeça, abraçou as próprias pernas e mentiu que sim, porém, ela sabia tanto quanto Aretha que nunca tudo estaria bem.

    Não enquanto apenas um quinto daquele castelo não risse dela.

RP: Aretha Monteiro Fox. CITADO: Hannah Eleonora Vanckock. PERÍODO: 16 de Abril de 2013, terça-feira, tarde, 15h03min. LOCALIZAÇÃO: Corredor e Sala de Aula Vazia. MÚSICA: Hurts - Silver Lining POST ANTERIOR: nenhum. LEGENDA: narração em "black", falas em "#004080" e falas de outros personagem em suas respectivas cores.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Aretha Monteiro Fox

avatar

Mensagens : 113
Player : Pinho

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Ter Dez 20, 2011 12:54 am

16 de Abril - Terça-feira - 15hrs05min.
Post Anterior: Embarque.
RP Fechada - Antonia Bittencourt.
Narração e Pensamentos - Falas - "Falas de outros".

Dormir não era uma tarefa muito fácil para alguém que ao fechar os olhos prevê trechos de seu futuro e do futuro de todos que estão ao seu redor. O pior de tudo é que o lindo garoto nas ultimas três noites seguidas havia sonhado com sua morte, como há algum tempo isto já não acontecia mais, agora ele evitava dormir para que aquele sonho fosse evitado. Um mundo onde pessoas não possuam dons de clarividência era o que deseja a cada nascer do sol.

O turno do almoço foi anunciado e todos os corredores, escadarias e passagens externas do castelo foram ocupados pelas centenas de alunos que freqüentavam a AML. Pegou a bola de cristal e colocou-a na mochila que trouxe especialmente para carregá-la, abraçou o pai despedindo-se e por fim retirou-se da sala de adivinhações. Como monitor chefe tinha o dever de se certificar que todos os alunos fossem direto pro salão principal fazer sua refeição, principalmente os de sua casa comunal, a Hakí. No subsolo o trabalho foi mínimo, ninguém queria ficar naquele lugar, portanto o nascido-trouxa se dirigiu imediatamente ao térreo, onde Ariel Enkelis – monitor chefe da Brave – já evacuava todos os locais indicados.

O segundo andar era o próximo, este sim amontoava-se de grupinhos conversando e soltando sorrisos furtivos por quaisquer motivos bobos que fossem. Sorrir era algo realmente difícil de se fazer sendo ele quem era. – Você não pode subir aí Lucas Clementino. Dirija-se imediatamente ao Salão Principal, se eu não lhe encontrar lá em exatamente quinze minutos teremos alguns problemas para tratar com a diretora Santíago. – Tarjou um segundanista da Joie que utilizava uma estatua de Tetus a quimera como algum tipo de montaria mágica mirabolante. Não havia percebido, mas sua mente lhe mostrou que dois segundos antes sua única e verdadeira amiga ali, entrara numa sala vazia, furiosa e com ar de inferioridade, o ar costumeiro de um aluno de Anders.

O QUE VOCÊS ACHAM QUE ESTÃO FAZENDO? NÃO SABEM CUMPRIR HORARIOS AINDA? – Os gritos fizeram com que todos prestassem atenção no jovem excluído e que normalmente era despercebido pelos demais. Abaixou perceptivelmente o tom de voz e concluiu: - Se encontrar qualquer um que seja quando voltar aqui descontarei 20 pontos da casa comunal por individuo e teremos assuntos acadêmicos para tratar com a direção. – Virou-se e foi em direção a sala em que Antonia havia entrado. No caminho ouvia piadinhas como: “Quem esse trouxa pensa que é?” e “Imagina só que ridículo, eu tendo que dar ouvidos aos inferiores”, mas como sempre ignorou esse tipo de acefalia. Hannah Vanckock cruzou o seu caminho e imediatamente imagens vieram em sua mente, receber coisas sobre a vida da Tony era tão normal como receber de sua própria vida, a ligação fraterna dos dois era enorme.

Entrar numa sala abandonada, ver sua amiga agachadinha no chão e de cabeça baixa não foi algo muito animador. Perguntou se estava tudo bem e recebeu a resposta que imaginava que receberia. Encostou as costas na parede e foi descendo devagarzinho até chegar ao lado da garota licantropica e colocar uma de suas mãos em sua cabeça, acariciando com cuidado seus belos cabelos louros. – Você sabe que eu não posso fazer nada contra ela, não há nenhuma regra infligida neste caso... – Queria punir a aluna Obskurní que tanto humilhava a bela Tony, mas os monitores da casa comunal a que ela pertence já estavam o acusando de marcação serrada, e isto não era muito bom para com seu cargo de monitor chefe. – Vamos Tonia... Vamos comer alguma coisa e conversar um pouco sobre o dia...

Sabia que não iriam sair dali por um bom tempo, sabia também que teria que se contentar em perder o almoço. Mas por ela valia, para vê-la bem qualquer esforço era válido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Antonia Bittencourt

avatar

Mensagens : 34
Player : Sizca

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Ter Dez 20, 2011 7:15 pm



I'll make it go away  
Paint the sky with silver lining  

    Ela estremeceu ligeiramente quando Aretha tocou seus cabelos; obviamente, não se sentia atraída por ele - ou por qualquer outra pessoa do sexo masculino -, este movimento involuntário somente denunciava a sua falta de hábito em ser tocada por alguém. Admitia que se sentiu bastante constrangida ao aceitar a carícia e recostar-se no peito do irmão, mas a raiva por não ter êxito em dizer que estava tudo bem de maneira convincente sobrepôs qualquer constrangimento. "Não seja bobo, eu não quero que você me defenda. Eu posso fazer isso sozinha. Posso ir lá e meter uma azaração na cara daquela vampira fedida." Aretha sorriu por um breve momento. Ela não gostava quando suas palavras não eram tomadas como algo de porte sério, mas ele a conhecia bem demais para levar aquela ameaça a sério, de qualquer maneira. "Eu até iria, mas estou com medo de estarem me esperando do lado de fora para me atirarem coisas como da última vez."

    Aretha garantiu que, se houvessem pessoas prontas para lhe atirarem coisas, ele meteria uma azaração na cara daqueles fedidos. Ela agradeceu por, naquele momento, não estar com qualquer outra pessoa senão ele, porque podia sorrir o quanto quisesse. "Então talvez eu vá." Ela ergueu os ombros em sinal de indiferença, ao mesmo tempo que se aconchegava no - agora - abraço do irmão. "Só para você não perder o almoço, tudo bem?"

    Ela sabia - ou, ao menos, esperava que - Aretha lhe pedisse para não se preocupar com o almoço, de modo a não fazê-la ser obrigada a se retirar daquela sala e ser alvo de piadas e de, literalmente, objetos não-identificados. A última vez havia sido em um sábado do mês passado, onde Alisson Lancaster lhe atirara, com um feitiço de levitação, uma coisa com cheiro de grama molhada que, certamente, não era grama molhada. Era marrom. Antonia chorou como um bebê, e desesperou-se ainda mais que o habitual quando se lembrou de que Aretha não estava presente para defendê-la - por mais que ela odiasse ser tomada como vítima.

    Outro dia do qual ela nunca vai se esquecer foi quando, no segundo ou no terceiro ano, estava a caminho do Salão Comunal de Hakí - casa que antes frequentava: por mais que existisse o Instituto Especial de Anders, Lívera Santiago e Emílio Fox queriam a menina sob seus cuidados - umas garotas do sétimo começaram a puxar os pêlos do seu rabo, machucando-a. Ela tentou erguer a varinha para se defender, mas descobriu três coisas: que não tinha coragem de receber uma detenção, que não tinha coragem de azará-las e que não tinha ideia de qual feitiço usar; seu momento de sorte foi quando Miranda Vanckock surgiu e a defendeu bravamente (de um modo que fez Antonia invejá-la). Desde então, ela nunca mais ergueu a varinha contra ninguém que a atormentasse - e, tendo ciência deste acontecimento, talvez tivesse sido por isso que Aretha sorriu perante sua ameaça.

    Nenhuma dessas lembranças, no entanto, se comparavam às noites de transformação.


RP: Aretha Monteiro Fox. CITADO: Alisson Collins Lancaster, Miranda Santiago Vanckock. PERÍODO: 16 de Abril de 2013, terça-feira, tarde, 15h03min. LOCALIZAÇÃO: Sala de Aula Vazia. MÚSICA: Hurts - Silver Lining POST ANTERIOR:  nenhum.  LEGENDA: narração em "black", falas em "#004080" e falas de outros personagem em suas respectivas cores.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Aretha Monteiro Fox

avatar

Mensagens : 113
Player : Pinho

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Seg Jan 02, 2012 12:08 am


Abraçou a irmã e ouviu cada palavra da mesma com muita atenção, é perceptível que sempre prestava muita atenção nas palavras de todos, mas nas dos Fox ele dava uma atenção ainda maior, inclusive nas de Tony, que também era sua irmã de criação. Riu um pouco das besteiras que a garota lhe falou, era evidente que ela não teria coragem de atacar ninguém do castelo, ele também não teria coragem, exceto se o motivo fosse para defendê-la, por que aí as coisas mudavam um pouco de intensidade. Continuava a acariciar os longos cabelos louros e macios sentindo o ótimo aroma perfumado de alecrim e se sentindo realmente em casa, ele precisava daquele momento tanto quanto ela, também estava cansado de tanta humilhação naquele lugar, mas ambos precisavam estar ali.

Lembrou de ter passado nas macieiras do vale sagrado e então soltou um pouco a irmã e pôs-se a procurar dentro de sua capa até achar uma enorme maça vermelha e mostrá-la para Tonia sorrindo. – Para quê almoçar naquele salão extremamente lotado e barulhento, não é mesmo? Peguei para o filhotinho de unicórnio que nasceu semana passada nos estábulos. Mas acho que os funcionários o alimentam e não fará falta. – Colocou a maçã em uma das mãos e sacou a varinha com a outra. – Diffindo! – Em instantes dois pedaços exatamente iguais estavam ali, em sua mão. Deu um a loura e mordiscou o outro sorrindo novamente. – Quem se importa com quantidade ou qualidade quando se pode ficar com uma pessoa tão especial, não é mesmo?

O amor fraternal que sentiam um pelo outro era tremendo, talvez pudessem ter sido marido e mulher em outra encarnação, ou pai e filha, ou até mesmo irmãos gêmeos, sempre quis e forçou ter uma visão assim, mas nada desse tipo acontecera para revelar algo sobre os dois em outras vidas. Nada. Mas a reciprocidade daquele amor era incrível e frágil e bonita e única. Queria contar sobre as visões dos seus últimos meses, falar das previsões de morte, de Sarah Windsor Collins e de como dessa vez ele não conseguia modificar os fatos do futuro, mas seria muito pesado para ela lidar com isto, talvez só trouxesse mais sofrimento para a licântropica. Beliscou mais um pedacinho do fruto escutando com animação ela agradecer por poderem ficar ali, escondidos matando o horário de almoço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Light

avatar

Mensagens : 41
Player : Alisson

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Qui Mar 01, 2012 8:14 pm


Atenção, houve mudança de Período, como os Players não estão ausentea terão até o dia 06/03 em Off para encerram as ações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Antonia Bittencourt

avatar

Mensagens : 34
Player : Sizca

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Dom Mar 04, 2012 8:21 pm



I'll make it go away
Paint the sky with silver lining

    Antonia sentia por vezes bastante remorso por prezar mais os pais adotivos e sua união meramente fraterna com Aretha do que a vida que tinha com seus pais biológicos e a irmã. Sua culpa, no entanto, era amenizada pela lembrança do desprezo que recebia de Amarílis, dos rostos amedrontados dos pais e a iniciativa da avó Teresa para que não mais vivesse em seu verdadeiro meio familiar. Lívera mostrou-lhe a carta que a mulher tão fervorosamente havia redigido: a ansiedade havia sido tanta que era quase impossível lê-la. "Estou acostumada com letras ruins, mas quero que você, Antonia Bittencourt, nunca se deixe enganar pelas pessoas; espere sempre pelo pior, minha querida. Sempre." Antonia achou imensamente satisfatório o ano que passara sob a guarda de Lívera. Ela começou a se corresponder com Miranda, que vivia com o pai na Itália, logo no final do ano e ainda mesmo depois de ir viver com os Fox a pedido de Aretha. Excelentes eram os motivos para adorar muito mais a vida após os oito anos, e, portanto, não mais experimentava o sentimento de culpa com frequencia — com o tempo, isso certamente se dissiparia por completo.

    Antonia sorriu, deixando que a animação novamente tomasse parte do seu ser. Aretha deveria ser um bruxo muito bondoso, pois sua índole emanava para quem estava a sua volta. "Tem razão. Odeio barulho! E odeio aquele salão, também. Cheio daquelas pessoas, é desprezível... Obrigada pela maçã." O poder de sua mordida era tão grande que, somente com uma dentada, seria capaz de levar metade do alimento embora. Era evidente que estava com fome, e isso podia ser observado por seus olhos claros ampliados em direção à fruta." Nunca vi um filhote de unicórnio...". Ninguém poderia descrever o quão prazeroso era conversar com alguém como se nada tivesse acontecido ou estivesse prestes a acontecer. "Adorável? Se está falando de mim, Aretha, você deve ser cego. Sou metade loba, não está vendo? Não há nada de adorável nisso."

    Lívera a havia ensinado, como ela própria, a sempre esperar pelo pior (e, deste modo, não ser surpreendida por nenhum acontecimento ruim), mas Antonia exagerou em seu pessimismo, moldando a si mesma como uma pessoa extremamente descrente. Era, portanto, inacreditável que Aretha conseguisse introduzir um pouco de confiança em sua cabeça.

    Afinal, essa era uma tarefa complicada até para ele.


RP: Aretha Monteiro Fox. CITADO: Lívera Giuliana Santiago, Miranda Santiago Vanckock. PERÍODO: 16 de Abril de 2013, terça-feira, tarde. LOCALIZAÇÃO: Sala de Aula Vazia. MÚSICA: Hurts - Silver Lining POST ANTERIOR: nenhum. LEGENDA: narração em "black", falas em "#004080" e falas de outros personagem em suas respectivas cores.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Aretha Monteiro Fox

avatar

Mensagens : 113
Player : Pinho

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Qua Mar 07, 2012 3:42 pm

A garota-lobo o fascinava demais, era incrível poder conviver com ela e sentir-se bem ao seu lado. Embora na maioria das vezes fosse um tanto quanto pessimista, o que deixava o vidente meio aborrecido com ela. Alimentaram-se juntos, estavam completamente sozinhos naquela área do castelo, todos os outros reabasteciam seus estômagos devidamente. Poderia passar 24 horas ali, rindo das bobagens que Antonia falava sem perceber, ela era bastante sofrida e com um ar de inferioridade único no mundo. Mas preferia apenas dar-lhe conselhos e tentar animá-la.

- Não sou metade cego, e você mesma sabe que eu vejo muito melhor que qualquer outro que esteja aqui, inclusive que papai. Sua anatomia não lhe deixa feia, Tonia, pelo contrario. – Não queria mais falar naquilo, não queria mais que ela falasse ou pensasse naquilo. Deu-lhe um beijo na testa em forma de respeito e ergueu-lhe uma das mãos. – Vem, vamos sair dessa sala imunda! - A lupina de inicio se assustou um pouco, visto que ambos tinham concordado em ficar ali por um tempo. Mas esperar a situação se acalmar sem fazer nada era uma tremenda burrice.

- Vem Tonia, vamos lá olhar o filhote de unicórnio. – Com um lindo sorriso no rosto, e aqueles belos olhos arregalados, a garota levantou-se e saiu de mãos dadas com o irmão, dispostos a serem felizes e não ligar para mais nada.

AÇÕES FINALIZADAS!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Light

avatar

Mensagens : 41
Player : Alisson

MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   Qua Mar 07, 2012 10:19 pm



Ações Finalizadas com Sucesso!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: [RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
[RP Fechada] 16 de Abril de 2013 - Terça-Feira - Tarde, 15h03min.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ranking Alexa - Março 2013
» ♥ Treino para Filhos de Afrodite e Eos | Abril/Maio/Junho de 2013 | Monitor Aldrick Chevalier ♥
» HOJE - Leilão de ingresso para o Rock in Rio
» Proximidade do Exame Chuunin 2013
» [BUG] Pokémon Plusle

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Academia de Magia Legilimência :: Segundo Andar-
Ir para: